Confira o que foi identificado no Brasil.

Laboratório identifica primeiro caso brasileiro da XBB.1.5, a variante mais transmissível da Covid-19.

Subvariante foi detectada pela Dasa em mulher de 54 anos que mora em Indaiatuba (SP).

A rede de saúde integrada Dasa informou nesta quinta-feira que identificou o primeiro caso de paciente infectado com a subvariante da Ômicron XBB.1.5 no Brasil. Trata-se da versão mais transmissível da Covid-19 conhecida até agora, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), e que já representa cerca de 40% dos casos de coronavírus nos Estados Unidos.

A subvariante foi identificada em uma mulher, de 54 anos, moradora de Indaiatuba, no interior de São Paulo. Segundo José Eduardo Levi, virologista da Dasa, foi o único caso detectado entre as 1,6 mil amostras sequenciadas pela rede de saúde integrada no mês de novembro de 2022.

Comente agora mesmo. Dê sua opinião.