Fim da era da Internet Explorer


Após 27 anos, mais um navegador vai deixar de ser disponibilizado aos consumidores em fevereiro de 2023. A Microsoft confirmou que, em atualização futura do Edge, irá desabilitar o Internet Explorer.

A confirmação veio após aviso inicial em 15 de junho, o dia em que o suporte ao IE foi desativado. “O aplicativo de desktop Internet Explorer 11, fora de suporte está programado para ser desativado permanentemente em determinadas versões de dispositivos Windows 10 em 14 de fevereiro de 2023, por meio de uma atualização do Microsoft Edge, não uma atualização do Windows conforme comunicado anteriormente”, disse a empresa.

Microsoft avança em seu plano de levar internet a milhões de pessoas no mundo
Skype lança tradução em tempo real com uso de inteligência artificial
Microsoft Teams irá integrar o chat com o Outlook
“Todos os dispositivos restantes que ainda não foram redirecionados do IE11 para o Microsoft Edge estão programados para serem redirecionados com a atualização do Microsoft Edge agendada para 14 de fevereiro de 2023.”

Os administradores de empresas já estão cientes da transição do IE11 para o Edge com o modo IE e remova as referências visuais do IE do Menu Iniciar e da barra de tarefas do Windows com a política de desativar o IE antes de 14 de fevereiro para evitar “interrupção dos negócios em grande escala quando os usuários perderem o acesso aos aplicativos dependentes do IE11”.

A versão prévia não relacionada à segurança do ano que vem e a atualização de segurança mensal do Windows em junho também são projetadas para removê-los em ambientes onde os administradores não agirão antes que o IE11 seja desativado permanentemente.

A partir de outubro de 2020, o IE11 iniciou automaticamente o Microsoft Edge ao visitar sites incompatíveis. A lista de sites incompatíveis (gerenciados pela Microsoft) contém 7.562 domínios pertencentes a longa lista de plataformas e serviços online de alto nível, incluindo Facebook, Instagram, Google Drive, Microsoft Teams, Twitter e muitos outros.

Durante o processo de redirecionamento, os dados dos usuários (incluindo configurações, senhas e favoritos) serão importados para o Microsoft Edge para facilitar a troca.

Internet Explorer ainda está disponível em alguns lugares
Embora oficialmente retirado de várias versões do Windows 10 no canal de manutenção do canal semestral e não seja fornecido com o Windows 11, o IE11 ainda estará disponível no Windows 7 ESU, Windows 8.1 e versões de cliente Windows 10 LTSC, IoT e Server.

O navegador continuará recebendo suporte técnico e atualizações de segurança em sistemas que executam essas versões do Windows durante o ciclo de vida da versão do Windows em que é executado.


A Microsoft tem incentivado os clientes a mudar para o Edge com o modo IE há anos, pois permite compatibilidade com versões anteriores e será suportado pelo menos até 2029.

Para habilitar o modo IE no Microsoft Edge, você deve ir para edge://settings/defaultbrowser, ativar a opção “permitir que sites sejam recarregados no Internet Explorer” e reiniciar o navegador.

A Microsoft anunciou pela primeira vez planos de abandonar o suporte para IE11 no Windows 10 e Microsoft 365 em agosto de 2020, com um anúncio oficial de aposentadoria emitido em maio de 2021.

A Microsoft descontinuou o suporte do IE no Teams em novembro de 2020 e também encerrou o suporte nos aplicativos e serviços do Microsoft 365 em agosto de 2021.

Outros serviços e aplicativos da Microsoft também encerraram o suporte para o Internet Explorer nos últimos anos — uma lista completa está disponível

Comente agora mesmo. Dê sua opinião.