Saiba quem foi o assassino das quatro crianças em Alvorada.

Quatro crianças foram encontradas mortas dentro de uma casa em Alvorada, na região metropolitana de Porto Alegre, na noite de terça-feira (13). O principal suspeito é o pai, David da Silva Lemos, 28 anos, que foi preso na madrugada desta quarta-feira (14) em um hotel na capital. As vítimas eram irmãs, sendo três meninas, de 11, seis e três anos de idade, e um menino, de oito anos. A mais nova teria morrido asfixiada, já as demais teriam sido esfaqueadas.
Segundo a polícia, o homem deu calmante para as crianças e depois as matou. Na delegacia, durante o depoimento, ele ficou em silêncio e não deu detalhes da ação. A defesa dele deverá feita pela Defensoria Pública do Rio Grande do Sul, que estava presente na delegacia.
As quatro crianças são filhas do homem com a mesma mãe, uma mulher de 24 anos. O casal estava separado e as crianças estavam com o pai para a visita e voltariam para a mãe nos próximos dias.
Segundo o delegado do caso, Augusto Zenon, no fim da tarde de terça, próximo ao horário que a polícia suspeita ter ocorrido o crime, o ex chegou a mandar mensagens para a mãe das crianças com ameaças. O homem possui histórico de agressões. A polícia foi acionada para atender a ocorrência no imóvel por volta das 19h30, mas chegando ao local as crianças já estavam mortas.
De acordo com a perícia, a suspeita é de que os filhos tenham sido mortos de 12 a 24 horas antes da polícia chegar. Ele foi pego horas depois, em um hotel na capital. Segundo a polícia, durante a prisão, ele teria confessado o crime.

Comente agora mesmo. Dê sua opinião.