Veja o que tem nas caixas-pretas de avião que caiu no Nepal

Dispositivo contém gravadores de voz e de dados da aeronave e podem ajudar a esclarecer causas do acidente. Até agora, 68 corpos dos 72 passageiros do voo foram localizados.

As equipes de busca e resgate encontraram nesta segunda-feira (16) as caixas-pretas – que possuem os gravadores de voz da cabine e de dados do voo – do avião que caiu no Nepal no domingo (15) com 72 pessoas a bordo. A informação é da agência de notícias Reuters.

A informação inicial é de as caixas-pretas estão em boas condições. Até agora, 68 corpos foram localizados e quatro vítimas ainda são procuradas.

O voo operado pela companhia Yeti Airlines havia saído da capital Katmandu com destino à cidade turística de Pokhara e caiu minutos antes de pousar.

No voo estavam 57 nepaleses, cinco indianos, quatro russos, dois sul-coreanos e uma pessoa da Argentina, Irlanda, Austrália e França.

O policial de Pokhara, Ajay K.C. disse que a operação de busca e resgate, foi paralisada no domingo por causa da escuridão do local da queda. “Vamos retirar os cinco corpos do desfiladeiro e procurar os quatro restantes que ainda estão desaparecidos”, disse ele à Reuters. Os outros 63 corpos foram enviados para um hospital, completou.

O Nepal declarou luto nacional na segunda-feira e criou um painel para investigar o desastre e sugerir medidas para evitar tais incidentes no futuro.

As autoridades disseram que os corpos serão entregues às famílias após a identificação e exame.

Quase 350 pessoas morreram desde 2000 em acidentes de avião ou helicóptero no Nepal – que abriga oito das 14 montanhas mais altas do mundo, incluindo o Everest – onde mudanças repentinas no clima podem resultar em condições perigosas.

Comente agora mesmo. Dê sua opinião.