Veja quais pesquisadores da UPF estão no Ranking Mundial

Elaborado pelo AD Scientific Index, o Ranking Mundial de Cientistas e Universidades 2023 analisa estudos acadêmicos de 216 países, 19.525 universidades/instituições e 1.195.736 cientistas. O levantamento utiliza diversos critérios que vão desde avaliação de produtividade, até a eficiência por indivíduos e instituições. A Universidade de Passo Fundo (UPF) figura entre as instituições e, na edição de 2023 do Ranking, conta com 57 pesquisadores e uma Revista Científica selecionados.
Entre os sistemas de pontuação utilizados pelo Ad, está o índice h, considerado o mais aceito na área. O índice h é determinado com base no número de artigos citados pelo menos h vezes. Conforme explica a publicação, para obter um índice h alto, um acadêmico deve ter um alto número de artigos publicados e ter recebido um alto número de citações. Para encontrar o valor do índice h, vários bancos de dados podem ser usados, incluindo Google Scholar, Web of Science, Scopus e Publons, alguns dos quais são públicos ou exigem assinatura.
O AD Scientific Index é o primeiro e único estudo que mostra os coeficientes de produtividade total e dos últimos cinco anos de cientistas com base nas pontuações e citações do índice h e i10 no Google Scholar. Além disso, fornece a classificação e avaliação de cientistas em disciplinas e ramos acadêmicos e em 19.500 universidades, 216 países, regiões e no mundo.
Conforme os organizadores do Ranking, as análises também ajudam a revelar os resultados de médio e longo prazo de diversas políticas implementadas pelas instituições, incluindo políticas de contratação e retenção de pessoal acadêmico, políticas salariais, incentivos acadêmicos e ambientes de trabalho científico.

Comente agora mesmo. Dê sua opinião.